Carne de Jaca verde – como enganar sua família!

Como preparar a melhor carne de jaca verde que você vai provar

Gente, eu sei que eu tô há muito tempo sem postar no blog, mas eu juro que pelos melhores motivos do mundo, e quando eu voltar eu vou contar tudinho pra vocês, além de vir com muitas novidades! Mas mesmo em hiato, eu precisava mostrar essa receita pra vocês correndo!

Sabe quando você diz que não come carne e as pessoas te perguntam: nem frango?!

Ou quando você sai com onívoros e eles te mostram uma coxinha, ou uma empada, e ficam esfregando na sua cara como se você nunca mais fosse ter aquela experiência na vida?

Ou quando te falam que sua comida é boa, mas que nunca vai substituir a carne?

Se você já viveu alguma dessas situações, esse post é pra você!

Por que essa “carne” é muito maravilhosa e, além do gosto incrível, e da versatilidade nas receitas, ainda lembra a carne de frango desfiada, então você pode mostrar pro seu amigo/parente/namorado onívoro que torce o nariz pra sua escolha de vida como se tivesse esse direito e acha que carne é insubstituível!

Confiram o quiche que eu postei no Instagram outro dia, e aproveitem pra me seguir por lá, hein?

quiche sem gluten de carne de jaca

Possibilidades da carne de jaca

 

  • Coxinha de jaca verde
  • Quiche de carne de jaca verde
  • Lasanha de jaca verde
  • Empada de carne de jaca verde
  • Pastel de carne de jaca verde
  • Fricassé de carne de jaca verde
  • Molho de tomate com carne de jaca verde
  • Sanduíche de jaca verde
  • Salpicão de jaca verde

 

A lista não acaba, não! O gosto e a textura são completamente versáteis e a minha versão, embora eu ache a carne de jaca verde mais gostosa da internet, é só mais uma! Você pode adaptar às receitas e criar um prato só seu! No quiche da foto lá embaixo, por exemplo, eu usei a receita da Paula, do Presunto Vegetariano.

Ingredientes pra enganar os parentes com carne de jaca verde

 

  • 1 jaca dura, ainda verde (usei uma pequena)
  • 1 cebola
  • 2 talos verdes de alho poró
  • 2 dentes de alho
  • 1 colher de sopa de ketchup
  • ½ colher de sopa de orégano
  • ½ colher de sopa de sal
  • Açafrão
  • Pimenta do reino
  • 1 pedacinho de tomate seco
  • ½ xíc. de palmito picado
  • ½ lata de milho
  • ½ lata de ervilha

 

Modo de preparo da melhor carne de jaca que eu já comi

 

A jaca é uma fruta muito maluca, e verde é mais maluca ainda. Na hora de cortar, ela vai soltar uma seiva super grudenta e difícil de lidar, então passe bastante óleo nas mãos e na faca que você for usar.

Corte a jaca ao meio, o que envolve cortar alguns caroços então vai precisar de um pouco de força, e trabalhe com uma metade por vez.

Pique sua metade de jaca em retângulos grandes, lave pra tirar o excesso de cola e acomode na panela de pressão, cobrindo com água.

Respeite o limite da sua panela, viu? Não vai me causar acidente por aí!

Quando a panela começar a chiar, conte 10 minutos. Retire a pressão com um jato de água na tampa da panela, reserve a jaca cozida e faça o mesmo processo com a outra metade da jaca.

Quando tudo estiver cozido, passe mais óleo nas mãos e desfie a sua jaca com as mãos, mesmo, porque ela é muito molinha.

Eu cortei a casca fora com a faca untada de óleo, e os caroços (a parte da jaca que a gente come quando madura), eu retirei com as mãos enquanto desfiava. Os caroços simplesmente pulam pra fora.

Pronto, você já tem sua carne de jaca!

carne de jaca desfiada aloka do bicho

Eu acho que essa é a etapa que parece mais chata, mas na verdade ela é super rápida. Eu cozinho a jaca quando tenho mais tempo livre, e guardo na geladeira pra refogar só na hora de comer.

Muitas comidas intensificam o gosto na geladeira, e a jaca já absorve muito bem os temperos, então achei que se guardasse temperada o gosto podia ficar mais forte, sei lá. E quem não gosta de comida fresquinha, né?

 

Temperando a carne de jaca

Refogue a cebola, cortada em tirinhas, em óleo ou margarina vegetal (usei a Delícia Canola). Não exagere no óleo porque a carne de jaca já é bem molinha, então eu só acrescento quando a cebola já estiver bem sequinha.

Acrescente o alho poró picado em tirinhas, e só quando estiverem bem dourados acrescente o tomate seco, a carne de jaca, o sal, os temperos e o ketchup ao mesmo tempo.

Mexa bem mas não demore demais, quando tudo estiver bem misturado é provável que a jaca já esteja com o gosto dos temperos, aí é só acrescentar as conservas de sua preferência.

quiche sem gluten de carne de jaca

Como enganar sua família

 

Apareça com sua carne de jaca e uma carinha meio constrangida. Eles vão perguntar “ué, mas não é frango?”.

Aí você diz que voltou a comer peixe e frango porque seu médico mandou, num tom de voz bem tristinho.

Aí eles vão ficar maravilhados e provar com todo gosto, além de te dizer coisas do tipo “tá vendo como é mais gostoso do que aquelas comidas veganas?” (detalhe importante: eles só pensam isso porque nunca provaram meu kibe assado ou meus cookies veganos).

Sério, gente, todo mundo cai na pegadinha da carne de jaca!

Façam o teste, aprovem e me contem o que acharam! – da receita, gente, não da pegadinha… E, se possível, mandem foto pra eu ver como ficou porque, vamo combinar, sempre fica com uma cara linda!

Se você gostou dessa receita, pode me acompanhar também no Pinterest, onde eu estou sempre salvando novas receitas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *